BeOne Technologies

Usar a fotobiomodelação como tratamento é o grande foco da BeOne Technologies, uma startup biotecnológica participante da segunda edição do Design Export.

Com a Spark Design, a empresa desenvolveu um equipamento médico-hospitalar com design moderno e inovador que acelera a cicatrização e a cura de feridas de pés diabéticos.

A BeOne é detentora de uma tecnologia embarcada que emprega comprimentos de onda eletromagnéticas que conseguem dar comandos genéticos às células. Com isso, aumentam a velocidade de cicatrização e diminuem o processo inflamatório. Outro comprimento de onda é empregado para eliminar microrganismos que causam infecções e, por isso, também atua de forma preventiva.

O desafio da Spark foi transformar essa solução em um produto físico que fosse de fácil uso e higienização e onde coubessem diferentes formatos de pés. Atualmente os tratamentos disponíveis nos hospitais e clínicas são meramente paliativos e visam apenas amortecer as complicações do paciente.

“Precisávamos oferecer um uso ergonômico ao usuário, independente do tamanho do paciente e da sua posição – sentado ou deitado – já que cada fator requer uma posição e angulação diferente do aparelho”, diz o designer Hugo Honjik. Entre várias reuniões entre designers e empresa, surgiu a oportunidade e a possibilidade de usar o princípio do “João Bobo” para que o ângulo e a posição do aparelho se ajustassem automaticamente à posição do pé e da perna do paciente.

O resultado é um produto disruptivo responsável por entregar um tratamento não invasivo, rápido e barato para tratamento do pé diabético. “Ficou incrível. Nosso produto ficou lindo e com uma usabilidade fora do comum para um equipamento médico. Iremos salvar milhares de pessoas de sofrerem amputações”, diz o CEO da BeOne, Caio Guimarães. O produto tem um design que dispensa a necessidade de uma base e mecanismos de giro, com liberdade de movimentos de 100%. Possui uma capa protetora e um apoio da perna e do calcanhar.

A empresa está em processo de registro do produto na Anvisa para iniciar a produção e comercialização, com expectativa de começar em maio de 2019. O grande foco da empresa são os mercados dos Estados Unidos, Reino Unido e Europa.

Mais de Centro Brasil Design

Confete

Desenhada pela Furf Design Studio para a Ethnos, a Confete – primeira...
Leia a publicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *