Empresas curitibanas são premiadas no iF Design Award 2024

Urna funerária biodegradável foi um dos projetos curitibanos premiados no iF Design Award 2024. Foto: Divulgação
Premiação alemã reconhece as melhores soluções do design mundial; cerimônia de entrega dos prêmios será no dia 29 de abril de 2024, em Berlim

O Brasil bateu recorde de projetos premiados no iF Design Award, uma das mais prestigiadas premiações de design de todo o mundo realizada desde 1954, na Alemanha. Na edição de 2024, foram 71 projetos laureados. Figuram, entre eles, designers e empresas de renome com sede em Curitiba, como a Electrolux Brasil e o celebrado Furf Design Studio, liderado por Mauricio Noronha e Rodrigo Brenner, que foram Forbes Under 30 em 2018 na categoria de Design. Os últimos foram reconhecidos neste ano pelo iF por uma inovação sustentável, a Urna Navegar, uma urna funerária biodegradável feita de um biomaterial produzido com fungos. 

“Esta é a 70ª edição do iF Design Award, que podemos dizer com convicção que é o maior a mais completo prêmio de design do mundo. Marcas como Ferrari, Apple, Ikea, Dexco, Docol e Lumini estão entre as empresas premiadas. E esta é mais uma edição em que o Brasil ganhou o destaque global merecido”, diz Juliana Buso, coordenadora de projetos no Centro Brasil Design (CBD), instituição que representa o iF Design Award no Brasil. “Em Curitiba, temos grandes nomes que representam o melhor do design brasileiro dentro e fora do país. A capital integra a Rede de Cidades Criativas da Unesco, justamente pela tradição em inovação, design e desenvolvimento”, afirma.

A escolha dos premiados foi feita por 132 especialistas em design renomados de 20 países, após três dias de avaliações na capital alemã. Três brasileiros integraram o júri final: Ana Couto, designer e fundadora da agência homônima; Clayton Caetano, head de Branding e Design do Itaú; e Patrick Speck, que lidera a LIXIL Global Design. A cerimônia de entrega dos prêmios, o iF Design Award Night, será na noite de 29 de abril de 2024 em Berlim.

Conheça os projetos premiados com assinatura de empresas e designers curitibanos:

Urna funerária sustentável

Foto: Divulgação

A Urna Navegar, desenvolvido pelo escritório curitibano Furf Design Studio em colaboração com a startup de design e biotecnologia Mush, de Ponta Grossa, é uma revolucionária urna funerária feita de micélio, massa formada por um aglomerado de filamentos de fungo. O biomaterial que pode se dissolver na água ou na terra, transformando-se em um fertilizante natural. Premiada na disciplina de Produto, a urna oferece uma alternativa ecologicamente consciente para um momento delicado, além de ser mais acessível que as urnas tradicionais, de metal. Inspirada na famosa citação de Fernando Pessoa “navegar é preciso”, a urna se dissolve apenas em meio a condições da natureza, ou seja, caso a família opte por expor em casa ou guardá-la, ela é altamente resistente e durável, sem data de expiração. A combinação única de biomaterial biodegradável e design criativo a torna uma solução inovadora no campo funerário.

Exames rápidos e eficientes

Hilab Volt foi premiado em duas categorias. Fotos: Divulgação

A Hilab foi um dos principais destaques curitibanos na edição deste ano, com três premiações. A healthtech especialista em point-of-care testing, que cria dispositivos capazes de realizar exames em minutos, com algumas gotas de sangue, foi reconhecida na categoria de Produtos Médicos pelo dispositivo Hilab Lens, o primeiro exame do mundo de hemograma completo point-of-care testing — termo que designa qualquer tipo de teste de diagnóstico que pode ser realizado remotamente, dentro ou fora de ambientes hospitalares ou laboratoriais. Os exames são feitos a partir de uma coleta de sangue muito menos invasiva, com apenas um furinho na ponta dos dedos, e com o resultado em dois minutos.

Já o Hilab Volt foi premiado em duas categorias diferentes: Produtos Médicos e Design de Serviço. O produto é o menor e mais rápido dispositivo laboratorial de eletroquímica do setor. Com um design simples, limpo e portátil, o equipamento também pode realizar exames usando apenas algumas gotas de sangue da ponta do dedo e entregando resultados em até três minutos. Através de um biossensor, ele mede sinais elétricos gerados a partir de amostras de exames, que são analisados por uma IA, que gera resultados rápidos e confiáveis. O público-alvo são pacientes que têm maior sensibilidade a exames de sangue com agulha ou que precisam realizar exames em situações de urgência. 

Peças de mobiliário premiadas

Poltrona Celina e Cadeira Manaca. Foto: Divulgação

O escritório curitibano BST Arquitetura, em parceria com o Estúdio Latino de Design, ganhou o prêmio na categoria Mobília Doméstica com a poltrona Celina. Com formato puro e linhas retas, a cadeira é inspirada em um elemento comumente presente na arquitetura modernista brasileira, o cobogó. Outra empresa da capital premiada na categoria é a Asadesign Studio, que desenvolveu a cadeira Manacá para a Marê Mobília, de Londrina. Inspirada na tradição brasileira de tecelagem manual de fibras naturais em objetos artesanais, a cadeira Manacá foi confeccionada com tecelagem de corda náutica em zigue-zague, criando um efeito visual de tridimensionalidade a essas superfícies. 

Aplicativo para embarque em ônibus com foco em acessibilidade

Foto: Divulgação

O trabalho de conclusão de curso “Rodomapa: Aplicativo de Mapeamento de Rotas com Enfoque em Acessibilidade” foi mais um dos projetos vencedores. Desenvolvido pela designer Daniella Onishi no curso de Design Gráfico da Universidade Federal do Paraná (UFPR), sob orientação da professora Juliana Bueno, o aplicativo laureado na categoria User Experience (UX) faz o mapeamento de rotas com foco em acessibilidade. Por meio dele, pessoas com algum tipo de deficiência ou mobilidade limitada podem encontrar trajetos mais adequados para acessar espaços da Rodoferroviária de Curitiba. O aplicativo oferece narração de áudio e outros recursos tecnológicos para acessibilidade.

Design contra o desperdício de alimentos

Na categoria utensílios de cozinha, o destaque ficou por conta dos refrigeradores Electrolux Experience BF,  assinados pela equipe brasileira de design da multinacional, com escritório em Curitiba. A linha foi projetada para ampliar o consumo consciente e reduzir o desperdício de alimentos. A tecnologia inverter possibilita a economia de energia, enquanto a função AutoSense utiliza Inteligência Artificial para aprender o comportamento do consumidor e ajustar a temperatura automaticamente para manter as melhores condições de preservação. Para envolver os consumidores na redução do desperdício de alimentos foi criada a função FoodControl, que ajuda a controlar a validade dos itens, e o compartimento de temperatura variável Fresh&Flex, que possibilita armazenar carnes por até 7 dias sem congelar.

Arquitetura sofisticada

Projeto para empreendimento Lemme. Foto: Divulgação

O escritório Boscardin Corsi Arquitetura conquistou o prêmio na categoria de Conceito de Arquitetura de Interiores pelo projeto das áreas comuns do Lemme, edifício da construtora e incorporadora Bidese. “Através da contemplação, do conforto visual e do aconchego no mobiliário, o projeto traz bem-estar e uma sensação de acolhimento aos moradores”, revela a equipe. A proposta interior das áreas comuns está em consonância com o projeto exterior, priorizando as formas orgânicas e o estilo brasileiro. A sofisticação vem de materiais nobres e da curadoria de peças clássicas do mobiliário do modernismo brasileiro. 

Galeria Laguna. Foto: Divulgação

No ramo imobiliário, outro destaque é o projeto arquitetônico da Galeria Laguna, assinado pelo escritório curitibano Estúdio 41 em parceria com a Petinelli, que desenvolve projetos com foco em eficiência energética, uso de água, conforto e qualidade do ar. Desenvolvido para a Construtora Laguna, o edifício comercial chama a atenção desde a fachada com material translúcido que revela luminosidades, feita de um policarbonato alveolar de coloração branca. Já a superfície interna dessa parede dupla é resolvida com um sistema em alumínio e vidro acidato.

Galeria Laguna. Foto: Divulgação

Solução agrícola com baixa emissão de carbono

Foto: Divulgação

O pulverizador autopropelido Avola, desenhado pelo premiado escritório Amowa Design para a Baldan Máquinas e Implementos Agrícolas, foi um dos trabalhos brasileiros premiados na categoria veículos comerciais. Esse pulverizador aplica defensivos e fertilizantes de forma eficiente. Com baixo custo por hectare devido ao baixo peso e reduzido consumo de combustível, destaca-se pela mínima pegada de carbono. O produto com design, produção, fabricação e montagem brasileira é econômico e promete impactar positivamente o mercado agrícola global.

Confira aqui todos os projetos premiados no iF Design Award 2024. 

Sobre o CBD

O Centro Brasil Design – CBD é uma instituição que conecta pessoas, setores do governo, empresas e criativos com o objetivo de viabilizar projetos inovadores e negócios de sucesso. Atua há 24 anos promovendo a importância do design e da inovação, como utilizar o design de forma estratégia e sua importância para a competitividade junto às empresas brasileiras. Foi a primeira instituição brasileira de design a aderir ao Pacto Global, alinhando-se aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, em 2018. Nesse sentido, o CBD lançou em 2021 o Design for a Better World Award – DFBW Award, um prêmio que tem por objetivo identificar, reunir e premiar ideias transformadoras, levar ao mundo, dar voz e visibilidade aos envolvidos na criação de soluções de impacto positivo, alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e as práticas ESG, promovendo e multiplicando as boas soluções para o desenvolvimento econômico, social e a responsabilidade

Mais de Centro Brasil Design
Slim Glass
A Tramontina garantiu o selo de excelência iF DESIGN AWARD 2018 com...
Leia mais
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *