Glass House

O lema da Casa Cor Minas 2015 “O Brasil Visto Por Dentro”  foi a inspiração para o conceito do Projeto da Casa de Vidro/Glass House, projeto vencedor na disciplina Arquitetura e Interiores do iF DESIGN AWARD 2016.

Com apenas 60 m², a relação com a exuberante natureza brasileira e a integração dos moradores com a área externa são o ponto forte.

As paredes e o teto da casa são todos de vidro laminado, permitindo que quem estivesse dentro tenha total visão do que se passa lá fora. A proteção contra os raios UV é de 100% e o isolamento térmico chega a 71%. A privacidade é garantida: quem está fora da casa não enxerga dentro. Com o auxilio das persianas e cortinas, também, é possível controlar a privacidade e a entrada de luz nos ambientes. A sustentabilidade, também, deixa sua forte marca neste projeto. Desde a obra, o objetivo foi evitar desperdício e não gerar lixo. Para isto, o projeto foi todo modulado, de acordo com as dimensões das lajes de vidro e dos perfis “I” de aço. A estrutura é toda aparafusada e o vidro colado nela com silicone estrutural. Assim ficou garantida a mobilidade da casa.

A Casa de Vidro pode ser transportada para onde o morador for… remove-se o silicone estrutural para retirada dos vidros e, depois, desparafusa-se a estrutura de aço! Outro ponto importante e que facilitou a sua mobilidade, é que a Casa de Vidro/Glass House é autoportante. Sua fundação – sapata – em perfil “I” de aço está externa ao terreno. Isto facilita na  montagem/desmontagem e na implantação de toda a Casa. Neste vão entre o piso e o terreno, passa-se todas as tubulações, o que facilita na manutenção e na montagem/desmontagem! Para garantir a ausência de “lixo”, a terra retirada para implantação da piscina foi utilizada no preenchimento dos vazios deste vão para a execução do contrapiso da casa. “O maior desafio deste projeto foi conceituar o processo de construção e montagem para garantir a integridade de todos os produtos e materiais na desmontagem e, assim, garantir a mobilidade”, comenta Cristina Menezes.

Os materiais, louças e metais utilizados – como piso e deck de madeira certificada, tampo de Corian da mesa de jantar, a bancada de basalto Neolith da cozinha, as louças e metais da Deca – reforçam, também, o conceito da sustentabilidade. A Arquitetura de Interior  utiliza os materiais como madeira, pedras, tecidos com texturas, cores  e design dos anos 60, para trazer aconchego e humanizar a Casa de Vidro/ Glass House com a sua estrutura de aço aparente .

O banheiro com apenas 5,60 m², segue todo o conceito do projeto! Com a ducha e a banheira integradas, visualmente, ao quarto obteve-se a sensação de amplitude! A bacia e a cuba se escondem atrás da parede de pedra do quarto para garantir a privacidade da bacia e da cuba com o espelho! As louças escolhidas, na cor preta, com os metais no acabamento em red gold seguem o conceito da arquitetura de interior de todo o projeto imprimindo elegância à casa! A integração do banheiro com a natureza da área externa traz a sensação de bem estar!

A iluminação, toda em led, pontua e valoriza os detalhes de todo o projeto.

O resultado, segundo Cristina, foi muito positivo devido a conquista da execução conforme conceito e projeto. “Dentre os principais resultados, temos o conforto térmico obtido com o vidro laminado refletivo, a agilidade na execução e montage, o custo baixo utilizando produtos de ponta e com sofisticação de design, a  mobilidade e a sustentabilidade”, reflete.

A importância de ganhar o iF com esse projeto, para a arquiteta, é indescritível. “Esse prêmio nos encoraja a buscar e aceitar novos desafios, mesmo já completando 30 anos exercendo arquitetura”, finaliza.

Ficha Técnica
Arquitetura: Cristina Menezes Arquitetura e Decoração
Engenharia Estrutural – Estrutura Metálica: A&C Engenharia
Projeto de Climatização e Ar-condicionado: Grupo Orlando
Projeto de Instalações Elétricas: Abatjour de Arte e Interpam Iluminação
Projeto de Instalações Hidráulicas: Cristina Menezes Arquitetura e Decoração
Projeto de Interiores: Cristina Menezes Arquitetura e Decoração
Projeto de Paisagismo: Flávia D’Urso Paisagismo
Projeto da Piscina: IGUI Piscinas
DADOS TÉCNICOS : 
Local: Belo Horizonte – MG – Brasil
Início do projeto: 2015
Conclusão da obra: 2015
Área do terreno: 140,00 m²
Área construída: 60,00 m²
Tipo de obra:
Uso Residencial
Tipologia:
Uso Residencial
Principais forencedores: 
Vidro Laminado Refletivo Habitat – Cebrace/ Divinal ; Estrutura em Aço da Arcellor Mital; Casa Cor; Deck e Piso da Indusparquet da Terra Tile; Armário da Marcato; Móveis da São Romão; Louças e Metais da Deca; Bancada Neolith da Directa Pedras; Piscinas IGUI; Iluminação da Interpam e Abatjur de Arte;  Paisagismo da D’Urso Paisagismo; Ar condicionado da Grupo Orlando
Mais de Jaqueline Tiepolo

Empresas do Design Export têm desconto no Prêmio ABRE

Em uma parceria com a Associação Brasileira de Embalagem (ABRE), o Centro...
Leia a publicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *