CBD participa da comissão julgadora do Prêmio Salão de Design

Estudantes e profissionais de design têm até o dia 05 de setembro para inscrever seus projetos de mobiliário na 23ª edição do Prêmio Salão Design, promovido pelo Sindmóveis Bento Gonçalves. O modelo de avaliação dos projetos inscritos será diferente nessa edição. Serão 10 jurados divididos em dois grupos: os cinco primeiros farão a avaliação técnico-funcional dos memoriais inscritos.

São eles: a diretora técnica no Centro Brasil Design Ana Brum; a professora e autora Maria Cecilia Loschiavo dos Santos; o Head Designer do Grupo K1 Mateus Conceição; o analista de Serviços Técnicos e Tecnológicos do Instituto SENAI de Tecnologia de Madeira e Mobiliário Ricardo Dal Piva e a presidente da Associação Brasileira de Designers de Interiores Silvana Carminati Heckman.

A avaliação dos concorrentes vai ser em setembro e a divulgação dos selecionados para a segunda etapa será no dia 10 de outubro. Na segunda etapa eliminatória, outros cinco jurados farão presencialmente a avaliação estético-criativa dos produtos finalistas e o anúncio dos vencedores vai ser em fevereiro do próximo ano. Os nomes que compõem essa segunda comissão julgadora serão divulgados até o final das inscrições, que encerram dia 05 de setembro.

As premiações serão de R$ 6 mil para estudantes e R$ 10 mil para profissionais. O diretor do Prêmio Salão Design, Eduardo Nuncio, ressalta a relevância desse projeto criado pela própria indústria moveleira, há 31 anos. “Em 1988, o Sindmóveis Bento Gonçalves percebeu o design como uma estratégia setorial de agregação de valor. Desde então, o prêmio vem cumprindo um papel crucial de promover talentos e aproximá-los da indústria. São três décadas de história com quase 15 mil projetos avaliados até hoje”, pontua.

 

Novas categorias

Outra mudança no regulamento diz respeito à tipologia de produtos que podem concorrer ao Prêmio Salão Design. Nessa edição, não haverá categorias para acessórios e iluminação, podendo ser inscritos apenas projetos de mobiliário. Serão cinco categorias, agora chamadas de desafios: Desafio dos Espaços em Transformação; Desafio da Identidade Brasileira 2020; Desafio do Uso do Painel; Desafio da Tecnologia Embutida e Desafio das Experiências Positivistas.

Com patrocínio de Berneck e Interprint do Brasil, o Prêmio Salão Design 2020 terá cerimônia de premiação e mostra dos vencedores na feira Movelsul Brasil, em março de 2020, em Bento Gonçalves (RS). Depois, os premiados ainda participam de exposição na High Design Home & Office Expo de 2020.

 

Mais sobre os jurados:

Ana Brum:

Diretora técnica no Centro Brasil Design e coordenadora geral do portal DesignBrasil.org.br. Possui graduação em Desenho Industrial, especialização em Engenharia de Produto e Design e Metodologia no ensino superior, mestrado em Desenvolvimento e Organizações. Tem experiência na área de Desenho Industrial, com ênfase em Projeto de Produtos, atuando principalmente nos seguintes temas: projeto, produto, gestão do design, política pública e design sustentável.

 

Maria Cecilia Loschiavo dos Santos:

Professora titular de Design da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. Publicou vários livros, entre eles Móvel Moderno No Brasil, trabalho pioneiro sobre design de mobiliário brasileiro no século XX.

 

Mateus Conceição:

Designer com 20 nos de experiência no setor moveleiro, sendo os últimos 11 anos como Head Designer do Grupo K1. O grupo é uma das maiores empresas moveleiras da América Latina, possuindo 10 linhas de produtos, entre móveis, colchões, estofados e utilidades domésticas. Também é proprietário e diretor da Agencia K2, um centro criativo com 25 profissionais multidisciplinares nas áreas de arquitetura, design e marketing, no qual desenvolvem grandes projetos em múltiplas plataformas,  desde arquitetura residencial, comercial, efêmera, produtos, comunicação e marketing.

 

Ricardo Dal Piva:

Analista de Serviços Técnicos e Tecnológicos do Instituto SENAI de Tecnologia de Madeira e Mobiliário, prestando consultoria técnica e tecnológica na área de Madeira e Mobiliário. Detém experiência de 15 anos atuando na área moveleira com melhorias de processos, implantação de ferramentas de manufatura enxuta e implantação e assessoramento de sistemas de gestão da qualidade para certificação de produtos. Especialista do método TRIZ (Teoria de Resolução Inventiva de Problemas), metodologia Russa utilizada para criar soluções criativas e inovadoras para as indústrias.

 

Silvana Carminati Heckman:

Silvana Carminati Heckman é Bacharel em Design de Interiores pela Belas Artes São Paulo e especializada em Liderança de Pessoas e Gestão de Negócios, com foco em resultados. Ela conta com 20 anos de experiência como executiva na Gestão Comercial em importantes empresas do seguimento de design brasileiro. É presidente da ABD – Associação Brasileira de Designers de Interiores.

Mais de Jaqueline Tiepolo
Caju Cardeal lança novas embalagens
Muito em breve as embalagens trilíngues da Agroindustrial Caju Cardeal, empresa do...
Leia mais
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *