Curitibanos conquistam cinco prêmios no iF Design Award 2023

Designer curitibana Luiza Nery ganhou a premiação máxima do iF Design Award 2023 com o desenvolvimento do aplicativo para o programa Câmbio Verde, da Prefeitura de Curitiba. Foto: Divulgação
Jovem designer curitibana ganhou o prêmio máximo, o iF Gold Award, com aplicativo que incentiva a sustentabilidade

Designers e escritórios de design curitibanos conquistaram cinco prêmios no iF Design Award 2023, uma das mais prestigiadas premiações do design mundial. Um dos projetos curitibanos foi laureado com iF Gold Award, troféu máximo da premiação. A ganhadora do ouro do design foi a curitibana Luiza Nery, que desenvolveu um aplicativo para o programa Câmbio Verde, iniciativa da Prefeitura de Curitiba que permite que moradores troquem materiais reciclados por frutas e verduras produzidas na região. 

O aplicativo do Câmbio Verde, que ainda não foi lançado, foi desenvolvido por Nery em 2021 como trabalho de conclusão de curso de Design Gráfico da Universidade Federal do Paraná (UFPR), com orientação do professor e doutor em design Naotake Fukushima. O app foi criado para integrar a estratégia digital do Câmbio Verde e aumentar o alcance e engajamento da população com a troca sustentável. 

“O app surgiu para centralizar várias soluções do serviço em um único ponto de contato, envolvendo informações sobre reciclagem, impacto ambiental positivo, metas e comunidade”, explica a designer. 

Nesta edição, o iF Desig Award 2023 recebeu quase 11 mil inscrições, e apenas 75 projetos foram agraciados com o Gold Award. Uma grande vitória para Nery que, com 24 anos, está no início de sua trajetória profissional. “Essa premiação é um divisor de águas. É um marco muito grande receber esse prêmio de forma individual, já que grandes estúdios e empresas costumam receber esse reconhecimento”, aponta a jovem. 

Outros projetos com DNA paranaense premiados

A única peça descartável da embalagem de desodorante projetada pelo DDID é o miolo estrutural: uma peça bem pequena e leve, pensada para causar o mínimo de impacto quando descartada. Foto: Divulgação

Foram premiados também o estúdio curitibano DDID – Evolution Through Design, que desenvolveu para a Us Cosmetics uma embalagem reutilizável de desodorante que usa o mínimo de plástico possível em sua produção; e o Flavor Studio, premiado pela propaganda “My Name is Diô“, criada para o Diô Wine Bar, localizado na capital paranaense.    

A startup curitibana Hilab foi duplamente condecorada neste ano. A empresa, que recebeu o troféu iF Gold em 2022, ficou conhecida por desenvolver o primeiro laboratório “de bolso” do mundo, que permite fazer exames de sangue com apenas algumas gotas da ponta do dedo e resultados em apenas 20 minutos. 

Em 2023, a Hilab foi premiada na categoria de Design de Serviço pelos dispositivos Hilab Lens e Hilab Molecular. O Hilab Lens permite a coleta do único hemograma completo por punção capilar e em Point of Care Testing do mundo. Já o Hilab Molecular é o menor e mais rápido dispositivo de biologia molecular do mundo e o único de telemedicina diagnóstica com resultados em até uma hora, desde a coleta até o envio do laudo digital assinado.

Hilab Molecular foi um dos dois dispositivos da startup curitibana premiados no iF Design Award 2023. Foto: Divulgação

“Nossos prêmios no iF Design Award são uma validação do compromisso da Hilab em propor soluções impactantes na área da saúde. São um reconhecimento à nossa abordagem criativa e à paixão que temos por inovar. Estamos honrados em fazer parte da elite do design mundial e vamos continuar transformando a vida das pessoas com soluções que democratizam o acesso à saúde”, comenta Marcus Figueredo, CEO da Hilab.

Recorde brasileiro

Propaganda “My Name is Diô” recebeu o selo que reconhece o melhor do design internacional. Foto: Divulgação

O número de projetos brasileiros laureados pelo iF Design Award 2023 bateu recorde nesta edição. Foram 68 prêmios, incluindo três iF Gold Award, troféu máximo da premiação. O anúncio dos vencedores foi feito no dia 13 de abril, em Berlim, na Alemanha. 

“Este ano o design brasileiro está em festa! Tivemos o maior número de projetos premiados dos últimos anos. Isso só reforça todo o potencial do design brasileiro e gera cada vez mais visibilidade para as nossas empresas”, comemora Letícia Castro, diretora superintendente do Centro Brasil Design (CBD), instituição que representa o iF Design Award no Brasil.

A cerimônia de entrega dos prêmios será na noite de 15 de maio de 2023 em um dos mais modernos teatros da Europa, o Friedrichstadt Palast, em Berlim.

“Nosso país será destaque na cerimônia de premiação, especialmente pelos três projetos que receberam o prêmio máximo, o iF Gold Award”, aponta a diretora do CBD.

Sobre o CBD

O Centro Brasil Design – CBD é uma instituição que conecta pessoas, setores do governo, empresas e criativos com o objetivo de viabilizar projetos inovadores e negócios de sucesso. Atua há 24 anos promovendo a importância do design e da inovação, como utilizar o design de forma estratégica e sua importância para a competitividade junto às empresas brasileiras. Foi a primeira instituição brasileira de design a aderir ao Pacto Global, alinhando-se aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, em 2018. Nesse sentido, o CBD lançou em 2021 o Design for a Better World Award – DFBW Award, um prêmio que tem por objetivo identificar, reunir e premiar ideias transformadoras, levar ao mundo, dar voz e visibilidade aos envolvidos na criação de soluções de impacto positivo, alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e as práticas ESG, promovendo e multiplicando as boas soluções para o desenvolvimento econômico, social e a responsabilidade socioambiental.

Mais de Centro Brasil Design
BeOne Technologies
Usar a fotobiomodelação como tratamento é o grande foco da BeOne Technologies,...
Leia mais
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *