A história do design mundial em um só clique: iF World Design Guide

Uma verdadeira mostra de design na web, o guia alavanca carreiras e dá visibilidade às ideias de negócios

Você sabia que em 1954 o iF Design Award já tinha seus primeiros produtos premiados? Entre refrigeradores, máquinas de escrever, louças de jantar e outros equipamentos, o design mundial já começava a ser reconhecido. E o primeiro projeto brasileiro que venceu o iF Design Award foi a estação tubo de Curitiba em 1992. Se quiser algo mais recente, a caixa de literatura experimental Oito Viagens ao Brasil, desenvolvida pela Casa Rex (de São Paulo) ganhou o iF Design Award em 2018. Isso é parte da história do design mundial. E tudo pode ser encontrado no iF World Design Guide, uma das maiores fontes de referência internacional de design.

Ali podem ser encontrados todos os vencedores da premiação desde 1954 em sete categorias (arquitetura, comunicação, arquitetura de interiores, embalagem, produto, conceito profissional e design de serviço). É uma verdadeira ferramenta para o benchmarking, pois ainda divulga todos os premiados por país, região, data da premiação e setor.

E por que isso é importante? Além de ser um “arquivo” do design mundial, o designer que ganha um prêmio iF pode alavancar sua carreira e inspirar outros profissionais. Para as empresas reconhecidas, esse pode ser um passo importante para entrar em um novo mercado.

Afinal, os projetos são avaliados por um júri internacional com mais de 70 renomados especialistas em design, indústria e arquitetura. Não deixa de ser uma competição – saudável – para elevar ainda mais a qualidade do design mundial.

É possível até saber o quanto cada país se destaca no design. No ifworlddesignguide, pode-se navegar por estúdios, empresas e equipes de design premiados e descobrir quais setores são reconhecidos com mais frequência, os nomes dos jurados e trabalhos de design, eventos, universidades e associações. O Brasil, por exemplo, já teve 526 participantes com 1813 produtos e projetos e 410 prêmios, sendo 20 premiações ouro. O setor mais participante é o de iluminação.

Brasileiros

No Brasil, o Centro Brasil Design é o escritório de representação do iF. Como um hub, o escritório tem acesso à informações e conexões mundiais com as quais consegue fazer benchmark internacional de informações sejam elas de produtos, inovações, iniciativas, tendências, só para citar algumas.

Há mais de 10 anos, a instituição assessora brasileiros a concorrerem mundialmente com seus projetos de design. Os mais recentes foram os bancos do designer Ronald Sasson, o Mió da Greco Design, o X-Scroll da Questto|Nó Design, o mobiliário urbano da italiana Metalco, da Índio da Costa AUDT, projetos de arquitetura do studio mk27 e do aclamado Arthur Casas, Aplicativos do banco Itaú, e os reconhecidos móveis da Sollos.

A equipe do CBD também participa do júri da premiação de estudantes e jovens recém-formados do iF, o iF Design Talent Award; do Prêmio ABRE da Embalagem Brasileira, do Prêmio Clap – Premios Internacionales de Diseño Industrial y Diseño Gráfico e contribui para a escolha das melhores embalagens latino-americanas dos Prêmios Latampack.

O Centro Brasil Design está envolvido em diversas frentes para apoiar o design brasileiro. Entre elas, atua em inúmeros projetos como a iniciativa Design for a Better World, é escritório representativo do iF Design Award no Brasil, possui um prêmio internacional junto ao Taiwan International Student Design Competition (TISDC), é membro do World Design Organization (WDO) e esteve a frente do maior programa de incentivo ao design realizado no Brasil, o Design Export.

Fonte: Gazeta do Povo.

Mais de Leticia Castro

O BRASIL ESTÁ ENTRE OS PROJETOS SELECIONADOS PELOS PRÊMIOS LATAMPACK DE EXCELÊNCIA EM EMBALAGEM NA AMÉRICA LATINA

Esta semana foi divulgado o resultado dos Prêmios Latampack, uma das principais...
Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *