Confete

Desenhada pela Furf Design Studio para a ID Ethnos, a Confete – primeira capa adaptável e colorida de prótese de perna produzida em massa no mundo – garantiu o selo do iF DESIGN AWARD 2018 na disciplina produto.

A ID Ethnos atua desde 2006 em serviços de confecção de órteses corretivas e próteses que substituem membros amputados. A principal missão da marca é oferecer soluções personalizadas, com foco na reabilitação e reinserção do paciente à sociedade.

A perda da forma e do volume é uma das características dos amputados que, no lugar do membro, passam a usar um tubo metálico da prótese. Muitos tendem a se esconder, se tornam excluídos da sociedade e acabam desenvolvendo grandes transtornos emocionais e psicológicos. “Muitos acham isso embaraçoso e muitas vezes são olhados com estranheza e abordados diariamente com frases de piedade”, comenta Rodrigo Brenner, designer da Furf.

Há vários fatores que influenciam a forma como os indivíduos com amputação são vistos pela sociedade e, muitas vezes, a percepção mais difícil de lidar é a sua própria. Propostas já existentes ou não eram muito atrativas esteticamente (tentam imitar a pele), comprometem os movimentos da prótese ou em alguns casos são inacessíveis, geralmente produzidos por meio de processos caros e sob medida.

O projeto durou um ano, desde a concepção até a apresentação final. “Um time de especialistas se uniu como uma orquestra, cada um tocando a mesma música com amor e incrível dedicação, mas cada um com seu instrumento. Fizemos questão de participar de cada etapa para estarmos sempre com o propósito alinhado”, conta Maurício Noronha, designer da Furf.

Estudos profundos e pesquisas foram feitos com amputados, técnicos, mercado, materiais, formatos. Cada milímetro foi estudado para funcionar da melhor maneira possível na produção do molde para desenvolver o melhor produto possível, equilibrando desempenho, durabilidade, qualidade, acabamento, praticidade, poesia, emoção e autoestima.

Inúmeros estudos anatômicos foram desenvolvidos utilizando diversas técnicas e resultaram em um formato inteligente para servir a praticamente todos. Com linhas guia internas, é recortável para facilmente se ajustar à altura do amputado e é desenhada para encaixar na grande maioria de combinações de próteses de joelho e pés.

“Imergimos neste universo e foi intrigante desenhar o produto que nós mesmos não podemos testar, tínhamos que confiar totalmente no feedback de diversos amputados que testavam os protótipos e também nos especialistas no assunto. Essa entrega e confiança, criou uma aura especial deste projeto”, diz Rodrigo Brenner, da Furf Design Studio.

A Confete é fabricada em poliuretano para tornar o produto o mais econômico, adaptável e durável possível.

Hoje, a Confete é comercializada pelo site da ID Ethnos e em 16 países (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Espanha, Estados Unidos, França, Israel, Itália, México, Peru, Portugal, Uruguai e Venezuela). Além de ser a opção mais acessível nesses países, seu baixo custo se enquadra nos quesitos governamentais e agora ela também pode ser adquirida gratuitamente em qualquer lugar do Brasil, disponibilizada pelo SUS e INSS.

O inovador projeto é premiado mundialmente com os mais renomados selos de design: iF DESIGN AWARD 2018, Brasil Design Award 2018, Red Dot Award: Product Design 2017 e o Leão de Bronze no Cannes Lions 2017.

A razão do nome Confete? “Símbolo internacional de alegria e igualdade social, um confete é acessível, colorido e democrático. Os furos no formato de confete podem ser utilizados para customização e ampliam as possibilidades de se expressar. Muitas opções de cores e com um desenho que encoraja o usuário a trocar de cores”, comenta Maurício.

 

More from Centro Brasil Design

The Dancing Pavilion

Esse foi um dos projetos da que ganhou o iF GOLD AWARD...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *