Conheça os 24 jurados do Design for a Better World Award 2023

O júri do Design for a Better World Award 2023 está no ar! Na edição deste ano, o júri é composto por 24 especialistas aptos a avaliar os projetos inscritos de acordo com suas especialidades. O grupo de avaliadores é composto por grandes nomes das áreas de atuação da premiação: design de produtos, serviços e embalagens; design gráfico, digital, UX/UI e comunicação; e arquitetura e cidade. Além disso, também haverá a avaliação de projetos de conceito — soluções que ainda não foram ou que não irão ao mercado e têm caráter de teste, protótipo ou projeto. 

O júri é organizado em grupos multidisciplinares, o que contribui para um olhar holístico dos projetos e enriquece o debate entre os jurados. “A cada ano, mudamos os jurados do Design for a Better World Award, respeitando as diretrizes do World Design Organization, garantindo a idoneidade do prêmio”, afirma Letícia Castro, diretora superintendente do Centro Brasil Design. As inscrições do Design for a Better World Award 2023 foram prorrogadas, e se encerram no dia 21 de setembro. Inscreva-se aqui.

Como é feita a avaliação

O processo de avaliação dos projetos é sério e transparente e leva em consideração três verticais: design, inovação e impacto; para cada uma delas diversos são os critérios estabelecidos conforme regulamento. Aliado ao propósito da premiação, a vertical impacto tem peso 3, enquanto design e inovação tem peso 1.

O júri acontece em três etapas diferentes, todas elas em formato online. Na primeira etapa os jurados avaliam os projetos individualmente, com atenção ao conteúdo disponibilizado.  Na segunda etapa os jurados se reúnem em grupos para debater as avaliações e, por fim, deliberaram sobre a nota final. Todo o trabalho tem moderação do Centro Brasil Design. O resultado final reflete a média ponderada da avaliação do grupo de jurados.

O júri avalia questões como economia circular, inclusão física e cultural, eficiência energética, redução de resíduos, redução do uso de água, redução da poluição, redução do consumo, materiais menos impactantes, melhoria do meio ambiente ou melhoria do bem-estar das pessoas, maior reciclabilidade, reutilização, reaproveitamento, viabilidade econômica, obsolescência, intercambialidade, design universal, equidade, manutenção mais fácil e durabilidade estendida em produtos, processos, serviços e projetos. Os critérios são avaliados conforme a área de atuação dos projetos.

Conheça os jurados:

Ana Biolchini Marcondes
Cofundadora da Archipelago, consultoria que desenvolve projetos em design de serviço, inovação sustentável, pesquisa e estratégia para grandes organizações em diversos segmentos. M.Sc. em Comportamento do Consumidor e professora convidada na ESPM e FDC, atuou por mais de 15 anos na gestão de marcas e produtos de grandes empresas.

Ana Clara Balieiro Antoniacomi
Arquiteta e urbanista especialista em projetos comerciais de grande porte; especialização em arquitetura e psicoarquitetura. Pós-graduanda em cidades inteligentes. Atua na implementação de cidades com mais qualidade de vida, humanas, sensoriais, colaborativas e inovadoras, explorando as técnicas de psicoarquitetura e rapport.

André Santini
Designer gráfico e de produto pela PUC/PR, pós em Marketing, mestre em Comunicação e Linguagens pela UTFPR e doutor em Estudos Mediáticos pela UFP – Porto. CMO da Watch Brasil, com histórico corporativo em Marketing e Comunicação em setores de consumo, serviços e tecnologia. Foi também sócio e planner em agências de comunicação.

Camila Rodrigues
Camila Rodrigues é líder de design e adora desenvolver pessoas. Graduada em Design e em Comunicação Social pela ESPM-Rio e Mestre em Design pela ESDI/UERJ. Já foi empreendedora e trabalhou em grandes empresas, como: Grupo Soma, MAG, Accenture e iFood. Hoje atua como Design Manager no Centro de Excelência em Design do Nubank.

Dandara Almeida
Baiana, designer há 20 anos e hoje atua como diretora de criação na Tátil Design. Em 2023 recebeu os prêmios de ouro e prata no Latin American Design Awards. É diretora da ADG Brasil e fez parte da equipe de coordenação da 13ª Bienal Brasileira de Design Gráfico. Desde 2019 atua nas mais relevantes premiações da categoria no Brasil e no mundo.

Danielle Falcão
Idealizadora e CEO da Redesign for All, um hub de inovação de produtos e serviços através do Design Inclusivo. Tendo marcas como o Deficiência Tech, um EdTech para incluir pessoas com deficiência na área da tecnologia e a Redesign Academy, capacitação de design inclusivo para pessoas e empresas. Marcas que acreditam: Meta, Grupo Dasa, Banco Mercantil, Mercado Livre, Hotmart entre outras.

Delano Rodrigues
Designer, consultor e professor. É Doutor em Design pela Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa – Portugal, e é Mestre em Design – PUC-Rio. Desde 2009 é professor do curso de Design da UFMA, onde coordena o Labdes-Cidade – Laboratório de Design Social da Cidade. Sua tese de doutorado conquistou o 1º lugar no prêmio MCB.

Emiliano Barelli
Engº Mecânico pela USP e MBA com ênfase em sustentabilidade, inovação e liderança pelo MIT. Atuou liderando equipes de Embalagem na Natura e Pepsico Foods para América do Sul. Foi Diretor de P&D e Sustentabilidade na Danone. Hoje está na gestão de Operações das fabricas de Águas Minerais e na Diretoria de Sustentabilidade da Estrella Galícia.

Fabio Palma
CEO da OneFan, atuou por anos no mercado publicitário. Foi CTO da Africa e co-head da Rua.Africa. Cofundador do Oasislab Distrito. Conselheiro Trends Inovation, é um investidor em negócios de tecnologia e ajudou no crescimento de operações em diversos setores, acumulando experiências em design thinking. Em seu portfólio acumula mais de 50 Cannes Lions.

Fernando Canalli
Arquiteto, planejador urbano, artista plástico. Parceiro sênior do escritório Jaime Lerner Arquitetos Associados, coordena projetos que buscam soluções para o desenvolvimento. Sua experiência internacional inclui projetos para México, Panamá, Angola e Holanda, focando na neutralização da segregação social.

Gustavo Chelles
Gustavo Chelles é engenheiro e designer industrial graduado pela UFRJ em 1990 e 1994, respectivamente.  É pós-graduado pela EAESP-FGV e possui especialização em cenários futuros pela Universidade de Oxford.  Fundou a Chelles & Hayashi Design em 1994, sendo responsável por inovação, desenvolvimento de produtos e embalagens. 

Gustavo Panza
Diretor de criação e desenvolvimento de projetos da Triptyque Architecure. No Piratininga Arquitetos Associados desenvolveu e coordenou inúmeros projetos de restauro, modernização, inclusão econômico territorial, planos habitacionais e requalificação urbana. Atua na criação, desenvolvimento, coordenação e gerenciamento de projetos de arquitetura e as respectivas engenharias complementares.

Hivio Fabiano
Trabalha na interface entre tecnologias e design de experiências e atua como coordenador na Natura. Graduado em química industrial (UFRJ), aluno visitante da University of British Columbia e pós-graduado em Design Estratégico e Inovação, pelo IED. É apaixonado pelo design e sua capacidade de gerar sentido e experiências de valor para as pessoas.

Hulk Giannelli
Designer pela Faap (2000), com especialização na área pelo IED(2013) e Mestrado em Arq. & Urb. pela Universidade São Judas (2016). Já conquistou vários prêmios, como Idea, MCB, iF e Samsung. Ministra palestras e workshops na área de inovação para empresas e em instituições de ensino. É Youtuber e Podcaster nos seus canais, para a divulgação do universo de Design e Negócios.

Janaina Bernardino
É designer especialista em Acessibilidade Digital na DASA e em Design e Humanidades pela USP. Atuou como coordenadora de Design Digital dos apps vencedores do IF Design Awards 2018 no Itaú. Atualmente é Especialista em Design Inclusivo no Grupo Boticário e Professora em MBA UX Design e Strategy com foco em Acessibilidade – Design Inclusivo na FIAP.

Laura Novik
Designer, curadora e acadêmica. Especialista em design de futuro e sustentabilidade. Sócio da Blink Design Consulting Chile. Diretora do Laboratorio Futuros Atlántida. Professora da Universidade de San Andrés, da Universidade Católica do Chile e da Universidade Atlántida Argentina. É palestrante e escreve artigos científicos e de divulgação científica.

Lucas Girard
Urbanista, pesquisador e consultor em inovação urbana. Mestre pela FAUUSP, pesquisou os impactos ambientais das tecnologias digitais. Foi bolsista do Centro de Estudos Sociedade e Tecnologia – CEST-POLI/USP e membro da equipe executiva da Carta Brasileira para Cidades Inteligentes, desenvolvida pelo Ministério do Desenvolvimento Regional.

Manoela Macario
Head do time de Customer Strategy & Design na Deloitte Digital Brasil. Atua em projetos de transformação organizacional orientados pelo design há mais de 20 anos, por meio do design thinking, futures literacy e biothinking. Foca na experiência do ser humano (HUX) a fim de potencializar soluções inovadoras e de impacto positivo.

Margot Doi Takeda
Diretora criativa e sócia-fundadora da A10 Ideias que Transformam, empresa membra da GLBA com parceiros em Nova Yorque, Berlim, Moscow, Shangai, Istambul e África do Sul. Fez especialização em design no Japão. Foi coordenadora e professora do curso de design gráfico da Miami Ad School/ESP e hoje é professora do curso de inovação em design de embalagem.

Marko Brajovic
Arquiteto, diretor criativo e pesquisador. Formado pelo Instituto Universitario di Architettura di Venezia (Itália); mestrado em Arquitetura Genética (BioDigital) na UIC e Artes Digitais na UPF, em Barcelona (Espanha). É fundador e Diretor Criativo do Ateliê Marko Brajovic. Já palestrou no TEDxAmazonia, LIVE Ad Talks, What Design Can Do, entre outros.

Maurício Noronha
O comendador Mauricio Noronha, presente na lista Forbes UNDER30, palestrante do TEDx e instrutor da UNIDO (dpto. de desenvolvimento industrial da ONU), é co-fundador da multipremiada Furf Design Studio, que tem construído uma reputação global por produtos de inteligência, humor, sustentabilidade e responsabilidade social.

Paula Camargo
É arquiteta e urbanista (FAU/UFRJ), mestra em Bens Culturais e Projetos Sociais (CPDOC/FGV) e doutora em design (ESDI/UERJ). Autora do livro As cidades, a cidade, política e arquitetura no Rio de Janeiro; coorganizadora do livro Design e/é Patrimônio. Gerente do Centro Carioca de Design (Prefeitura do Rio).

Samia Jacintho
Designer gráfica, diretora criativa e sócia da Casa Rex, multi premiado estúdio de design gráfico – mais de 500 em todo o mundo. Com 20 anos de experiência na área, a designer sergipana lidera projetos gráficos dos mais variados campos e escalas, de identidades visuais e projetos editoriais a embalagens, objetos e ilustrações.

Winnie Bastian
Formada em Arquitetura, atua há mais de 20 anos como jornalista especializada em design, arquitetura e interiores. Criadora do site Design do Bom, foi chefe de redação da revista Arc Design e editora das revistas L+D e Casa Vogue, além de curadora de duas edições da DW! – Semana de Design de São Paulo.

Mais de Centro Brasil Design
Participe do Webinar gratuito ‘Inovações em Embalagem no Brasil e no Mundo’
Luciana Pellegrino, diretora Executiva da ABRE e Presidente da WPO - Organização...
Leia mais
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *