Design Export apresenta resultados

Na última terça-feira, 17, o Centro Brasil Design (CBD) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) divulgaram os resultados dos dois últimos anos do Design Export, programa inédito que apoia empresas brasileiras no desenvolvimento de produtos inovadores voltados ao mercado internacional.

Em um evento movimentado no MUBE, em São Paulo, a equipe do programa recebeu o professor Mikko Koria, da Aalto University, que falou sobre as tendências das empresas em investir em inovação e design, além de como essas áreas estão transformando o mundo dos negócios.

Renata Iwamizu e Marília Carvalinha, profissionais da empresa Kanzo, também participaram do encontro e contaram sobre a criação do Moovexx, um sistema inovador de elástico embutido no cós da calça que acompanha os movimentos do corpo.

Representantes do Centro Brasil Design, da Apex e do Centro Pernambucano de Design – canal por onde o Design Export conseguiu ampliar e estender sua atuação até a região Nordeste – apresentaram números relevantes. “Em dois anos, o Design Export levou a inovação para 60 cidades de sete diferentes estados brasileiros. Ajudou a criar 100 projetos de produtos ou serviços voltados à exportação. A satisfação é grande em colaborar para que o design seja inserido na cultura organizacional das empresas. Além disso, estamos abrindo espaço para que o mundo possa conhecer as inovações brasileiras”, comenta Letícia Castro, Diretora Executiva do Centro Brasil Design.

A Apex-Brasil identificou que as primeiras 14 empresas que lançaram novas soluções no mercado em função do programa apresentaram um aumento de 57% em suas exportações de janeiro a setembro de 2014, em relação ao mesmo período em 2013. 21 setores industriais foram contemplados pelo Design Export, permitindo que 62% das empresas participantes contratassem design pela primeira vez.

Na plateia do evento estavam instituições representativas do governo, associações setoriais e de classe, designers e empresários.

 

O Design Export

O programa funciona como uma ponte entre os empresários e os designers, estimulando o uso do design como ferramenta para a inovação. Os participantes recebem apoio para identificar os profissionais mais adequados às suas necessidades e têm acesso a recursos financeiros para a contratação do serviço de desenvolvimento do produto inovador.

Realizado pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e pelo Centro Brasil Design, o objetivo do programa é levar para a indústria nacional uma metodologia simples, didática e objetiva que orienta a empresa a inserir a inovação como parte do processo de desenvolvimento de novos produtos.

Com o sucesso do programa em estados do Sul e Sudeste, em 2014 foi realizada uma ampliação com o objetivo de estender sua atuação até a região Nordeste. Uma parceria estratégica com o Centro Pernambucano de Design permitiu que os estados de Pernambuco, Alagoas e Paraíba fossem beneficiados com a metodologia “Design na Prática”, criada pelo CBD.

Márcia Nejaim, gerente executiva de Competitividade e Inovação da Apex-Brasil, explica que a Agência trabalha para que as empresas brasileiras desenvolvam seus produtos e serviços por meio da agregação de valor e da incorporação do design e da inovação. “Para nós, essas são ferramentas essenciais para a diferenciação no mercado internacional”, afirma.

A segunda edição do Design Export será lançada ainda no primeiro semestre de 2015.

Acompanhe os números da primeira edição: