Bienal Brasileira de Design 2010 continua apresentando ótimos desdobramentos.

Do Blog da Associação dos Designer de Produto

Em 2010, Curitiba sediou a Bienal Brasileira de Design, evento cultural que vem se consolidando como o mais relevante do país. Tem como objetivo reunir as principais realizações da área cultural e do setor produtivo, apontar tendências, provocar discussões, propiciar a capacitação e promover a Marca Brasil com o melhor da produção nacional no período.

A ADP possui assento no Comitê de Orientação Estratégica da Bienal Brasileira de Design (Coeb) e vem sempre colaborando com a organização das Bienais. Por ser um acontecimento de caráter itinerante, a próxima edição está marcada para o segundo semestre de 2012 e vai se estender até meados de 2013 em Belo Horizonte.

A cada edição, a Bienal inova trazendo evoluções em seu formato e muitas novidades. A edição de Curitiba ficou sob a competente Coordenação do Centro de Design do Paraná e apresentou uma Bienal que extrapolava os limites dos espaços confinados e invadiu as ruas e a vida do cidadão curitibano, além de ter contado com a adesão de eventos paralelos realizados por parceiros.

Outra grande realização da Bienal de Curitiba foi a sua repercussão e todos de seus desdobramentos. O magnífico trabalho realizado pela equipe do Centro de Design do Paraná tem proporcionado a presença de mostras e exposições dessa edição em várias ocasiões e eventos importantes no Brasil e Exterior.

Mostra  “BRASIL: design, inovação e sustentabilidade – Um olhar sobre a Bienal Brasileira de Design 2010” em Milão

Em abril desse ano, novamente a Bienal de Design esteve presente num evento de grande importância, com a mostra “BRASIL: design, inovação e sustentabilidade – Um olhar sobre a Bienal Brasileira de Design 2010”. A mostra apresentou um recorte da Bienal de 2010, cujo eixo central foi a inovação aliada à sustentabilidade.

Exposição de cartazes ‘Sustentabilidade: e eu com isso?’ no Rio de Janeiro

Outro acontecimento é a realização da exposição ’Sustentabilidade: e eu com isso?’ que ficará em cartaz até o dia 30 de julho de 2012 na rede de bibliotecas-parque da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro, por ocasião da Conferência Rio+20.

A próxima bienal em Belo Horizonte também trará inovações em seu formato. Vamos esperar para ver. Esse espírito inquieto da Bienal faz parte de sua própria natureza, ao experimentar novos formatos e fórmulas.