Munich Creative Business Week 2013

A Munich Creative Business Week aconteceu de 16 a 24 de fevereiro em Munique, na Alemanha. Resumo: muito design, experiências interessantes e lindas exposições, além da neve! A semana teve mais de 100 eventos acontecendo ao mesmo tempo, pretendo destacar os eventos que mais chamaram a atenção.

Dois museus que valem a pena, ficam bem perto um do outro e no domingo custam apenas um euro a entrada. O Bradhorst Museum, construído de 2005 a 2008 e inaugurado em 2009, de projeto arquitetônico sensacional, tem toda a parte de fora é em cerâmica de várias cores e a distribuição das obras também é fora de sério! Lá dentro é possível desfrutar de salas com exposições digitais e interativas com conteúdo em alemão e em inglês. A exposição que está em destaque é a do Hiroshi Sugimoto – visions in my mind. Um comentário legal feito por ele em um dos vídeos disponíveis foi que a fotografia representa algo que realmente aconteceu, é a expressão momentânea e com a entrada dos meios digitais, tudo pode ser alterado, deixa de ser real.

O segundo é a Pinacoteca Moderna, com duas exposições que fizeram parte da MCBW: “The secret archive of Cassina”e a “Urishi-Lack + Design – East meets West” e um super acervo de design.

A exposição do designer Oskar Zieta foi junto a uma loja chamada Ambiente Direct e, fica a dica, quem for a Munique não pode deixar de visitar! Quando chegamos na loja recebemos um iPad com um mapa do andar, a loja tem as grande marcas do design, entre elas: Kartel, Alessi, iittala, Gubi, oluce, tecnolumen, dríade, fatboy, entre outras. Os produtos de cada marca ficam juntos e onde existem luminárias é possível acendê-las com um toque no iPad, além da possibilidade de consultar os preços de todos os produtos expostos na loja de três andares! Sensacional. Falando da exposição dos produtos do Oskar Zieta, que são incríveis e confortáveis, os produtos eswtavam expostos no primeiro andar da loja e o seu diferencial é a maneira de produzir as peças. As folhas de aço são infladas como se enchem balões.  Incrível!

Em resumo: SENSACIONAL! O estúdio é nos fundos de um restaurante, é meio escondido e quando você entra tem as inúmeras luminárias expostas de um jeito inesperado nos dois andares do local. O estúdio é também uma loja onde estão disponíveis todos os modelos para compra, além dos do designer, que está com 81 anos! O que é surpreendente é que todas as luminárias são “made in Germany” para controle de qualidade e manter a exclusividade.

O Designit, escritório de Munique, tem hoje 42 pessoas. No total são 13 escritórios em 10 diferentes países, inclusive um em São Paulo e Curitiba. A ideia é ter os clientes como parceiros, trabalhar com a co-criação, envolvê-los em todas as etapas do projeto e construir uma relação de confiança. Um termo interessante que eles usaram na apresentação foi: “No design Divas” ou seja, sem estrelas, sempre o reconhecimento é da equipe. Eles atendem clientes como Swiss Air e a história é que o que era para ser um projeto pontual de produto virou uma consultoria em design de serviços, outro cliente é a Luxottica, a AKG de fones de ouvido, o Novo Nordisk que contratou o designit para desenvover um aparelho para aplicação de insulina em diabéticos, a AUDI – a ideia era fazer uma loja no centro de Londres, comoceu durante as olimpíadas. Eles nos apresentaram vários cases legais! O pessoal anda de patinete dentro do escritório! E o slogan é BUSINESS AS UNUSUAL!

A CONRAD CAINE é uma agência internacional full service que oferece conceitos, design, motion, tecnologia para a internet, e-learning, mídias móveis e sociais. A agência foi fundada em 1998 e no momento emprega mais de 100 pessoas em três escritórios: Munique, Pelotas e Buenos Aires. Tivemos uma conversa com o próprio Conrad Caine que foi muito interessante, ele comentou que tudo está virando digital, diminuindo a competitividade entre as empresas . Comentou também que o marketing nas mídias sociais é considerado ineficaz por parte das empresas, o que realmente dá certo são os POPSTARS, e exemplificou, a Coca-Cola tem um número absurdo de “likes”, mas no ranking “quem está falando sobre isso”, a Coca-Cola é sem efetividade. Trata-se de um contraste entre o efeito em massa versus a efetividade da campanha. Ele termina falando que no final o que dá mesmo certo é uma campanha muito bem estruturada com os objetivos claros!

E a visita ao escritório Pierre-Mendell foi incrível! Ele faleceu em 2008 aos 79 anos, mas o escritório continua, tem uma equipe super enxuta e quem está a frente é a Annette Kröger, que nos recebeu muito bem, junto com uma amiga que já morou no Brasil, a Britta Petermeyer, também designer. A equipe cuida de tudo e também é responsável pelas exposições que correm o mundo! O cuidado com o trabalho dele é bárbaro! E as publicações são demais! Annette nos apresentou o trabalho do Pierre Mendell folheando um de seus livros, o At First Sight, muito recomendável!

A cerimônia de premiação do iF foi especial, devido aos 60 anos do prêmio, um livro foi publicado. O glamour presente no Museu da BMW e a entrega aos iF Golds se destacaram! A cerimônia contou com aproximadamente 1900 convidados. É possível conferir todos os premiados e os iF Golds no link da exposição online no site do iF:http://exhibition.ifdesign.de/index_en. Uma frase citada na cerimônia foi “Good design is good business”, citada em 1973 por Thomas Watson da IBM, e anos depois continua a valer, bom design é bom negócio! Um grande exemplo disso é a Apple, que teve três iF Golds nesta edição de 2013!

As palavras de Ralph Wiegmann, diretor do iF foram de agradecimento! Ele disse que a promoção do design e dos projetos através de uma premiação como o iF é de grande visibilidade para o mundo e é por isso que a combinação de negócio, designers e o iF dá tão certo!

Confira a galeria de fotos:

 

 

Juliana Buso